Plantas exóticas

Para se adaptarem às terras mais inóspitas, algumas espécies plantas desenvolveram características surpreendentes e aparências pouco comuns. Conheça algumas delas:

Adansonia digitata (Baobá) e Rafflesia arnoldii (Raflésia)

flores 3

Fotos: hiveminer.com | makemytrip.com

Nativa de Madagascar, a Baobá vive por centenas de anos e é capaz de armazenar uma grande quantidade de litros de água no interior do seu tronco, que pode atingir até 10 metros de diâmetro. É uma árvore de folha caduca. Na época seca, quando fica sem folhas, sua forma escultural pode ser melhor apreciada.

Se você “tropeçar” com uma Raflésia na sua próxima viagem à Indonésia, saiba que você é um privilegiado. Ela é uma das plantas mais raras do planeta e, além da sua aparência absolutamente espetacular, a Raflésia é detentora da maior flor do mundo. Mas a nossa dica é admirá-la de longe. Quando está florida, ela emana um odor pouco agradável.

Dracaena cinnabari (Dragoeiro)

flores 2

Foto: huffingtonpost.com

Nativa de Socotra, no Oceano Índico, também é conhecida como árvore sangue de dragão, por conta de sua seiva vermelha escura. A sua forma peculiar se assemelha a um grande guarda-chuva. Não é tão raro vê-la cultivada como ornamento no Brasil.

Welwitschia mirabilis (Polvo do deserto)

flores 1

Foto: flickr.com/kodilu

Não podemos afirmar que é a mais bela das plantas, mas com certeza é uma das espécies mais curiosas encontradas na natureza. Ela é composta por duas folhas que crescem continuamente e por um caule robusto que não passa dos dois metros de altura, mas que pode engrossar até 8 metros de diâmetro. Esta espécie pode viver além dos mil anos e sobreviver até 5 anos sem chuva.

A natureza é de fato incrível, não é mesmo?