Espelho

Imagens: craftifair.com | theglitterguide.com

Já se foi o tempo que os espelhos serviam apenas de peças utilitárias. Hoje eles ganham mil e uma formas, tornando-se peças de design belíssimas, com perfume de obra de arte.

Espelho

Fotos: diadebeaute | mymodernhomedecor.com

Isso sem falar na sensação de amplitude que levam aos ambientes, abrindo horizontes e ajudando a valorizar o que mais gostamos no nosso décor, seja uma cadeira artsy, aquele móvel-xodó, uma janela que deixa tudo ainda mais espaçoso.

Espelho

Fotos: fashionismo.com.br | maddiepickard

As molduras são grande aliadas deles, podem deixar o estilo do espaço com ar mais moderno quando metalizadas, ou natural se forem de madeiras. Para uma assinatura mais minimalista, a dica é optar por espelhos sem moldura e com formas inusitadas e assimétricas.

Fotos: kidsroomideas.net | decorfacil.com

Escolha os contornos que mais combinam com você, pode remeter a um objeto que você adora, deixando tudo mais lúdico, ou quem sabe uma composição geométrica, com encaixes que vierem à sua cabeça, emprestando criatividade e personalidade ao espaço.

E se eles caem como uma luva no quarto, seja na parede, no chão ou apoiados em algum móvel, na sala e no banheiro também fazem bonito, podem chegar como um ponto de contraste perfeito se tiverem visual vintage, num contraponto afinado com móveis mais modernos.

Fotos: urbanoutfittershome | viveremcasa.com

Quando o décor é mais minimalista, eles fazem toda a diferença, emprestam potência e deixam tudo mais iluminado. Tons rosados e cobres deixam o ambiente mais elegante e, de quebra, ainda esquentam a paleta.

Sem falar que estão lá toda hora para você dar aquele check e se namorar um pouco, por que não?

Escolha o que mais reflete o seu estilo e voilà!

Decoração nova em folha

Imagens: The Greeniest

É hora de limpar as energias da casa, espalhar renovação para todo mundo, tomar fôlego e seguir um ano que promete mil delícias. Para elevar o astral, nada melhor que a natureza em mil e uma formas.

Decoração nova em folha

Imagem: Casa Vogue

Claro que amamos as flores, mas a dica é investir nas folhagens, que prometem muito mais durabilidade e o mesmo encanto. Algumas ainda trazem um cheirinho gostoso e uma certa energia boa, dizem por aí, como o eucalipto e todas as suas variações. As folhas ainda seguem lindas quando secas, prometendo muitos dias de charme sobre a mesa.

Decoração nova em folha

Imagem: Jungalow

Outra beleza são as plantas com texturas, formas e cores interessantes, que vão bem além do verde, como dracenas, crótons, marantas e calateias.

E finalmente, para trazer a brasilidade tropical, vale espalhar por aí folhas grandes e frondosas como palmeira leque, folha de bananeira, costela-de-Adão e folhas de aves do paraíso.

Decoração nova em folha

Imagem: Jungalow

O que pode não dar certo com essas belezas por perto!

 

 

Puff

Fotos: Urban Outfitters

Não só de móveis elegantes e compactos vive uma bela decoração. Ou pelo menos não só disso vivemos nós, que antes de tudo, precisamos criar na nossa casa um espaço de aconchego e conforto.

Puff

Fotos: Dejai Johnson | Você Precisa Decor

Pensando nisso, imagina unir o útil ao agradável, ter na sala um abraço em forma de móvel, que acolha você depois de um dia daqueles, quase como uma massagem carinhosa.

E não estamos falando de colo de mãe, mas sim de um delicioso puff gigante, uma Bean Bag Chair, ou até mesmo um sofá/poltrona bem fofo e macio.

Puff

Foto: @inayali

E se você já imagina um móvel desajeitado, esparramado pela sala, nada disso, é possível encontrar versões bem charmosas por aí. E o melhor, deliciosas, como nosso corpo precisa para se jogar!

Sob o sol da Toscana

Imagens: divulgação

Você já sonhou em conhecer o lugar onde um dos maiores gênios da história da arte passava seus dias, descansava, se inspirava e criava? Agora pense se caberia num sonho morar na casa que ele morou, num lugar remoto, numa das áreas mais belas do mundo.

Sob o sol da Toscana

Imagens: divulgação

A boa notícia é que esse desejo, que mais parece surreal, pode se tornar realidade. A casa que pertenceu a Michelangelo está à venda agora na Toscana. Pela quantia de U$ 8 milhões, algum sortudo pode vir a morar na vila particular onde viveu o pintor da Capela Cistina, criador da Pietà e de David.

Sob o sol da Toscana

Foto: divulgação

Com área de 1300 m², 8 quartos e 7 banheiros completos, a casa até que está bem conservada para seus mais de 500 anos. É possível ver ainda detalhes da construção original da época do artista, entre partes bem mais antigas, como uma torre que data do século XI.

Sob o sol da Toscana

Imagens: divulgação

Mas convenhamos, o décor atual não anda lá essas coisas, bem que o novo dono podia incrementar o espaço, aproveitando a energia criativa fantástica que deve fluir por lá. Já podemos imaginar um contraste com o estilo clean escandinavo. Ou um clima tropical?

Rosa claro

Fotos: Klikk.no | Le Petit Chouchou

Primeiro o “rosa millennial” foi escolhido o tom do ano pela Pantone, dando novo sentido à cor, que surgiu mais moderna e neutra. Depois foi a vez do “dusty pink” ser eleito como tonalidade da vez no mundo do décor. Finalmente, o “antique pink” foi eleito a cor mais desejada entre as noivas, tanto na decoração da festa, quanto nos trajes das madrinhas.

Rosa claro

Fotos: Interior Decline | Studio Nest

Sim, as variadas nuances do rosa claro e acinzentado vêm ganhando cada vez mais espaço como opção versátil e elegante, seja complementando uma decoração multicolorida, trazendo suavidade a um décor étnico ou alegrando um espaço bem minimalista.

Rosa claro

Fotos: likekt.bigcartel.com | Studio Nest

De fato os novos rosas são muito mais curingas do que se pode supor, do tipo que não enjoa se ganhar espaço em uma parede inteira. Eles também complementam com maestria os cômodos da casa. Podem mostrar personalidade de sobra e exalar perfume atual ao colorirem sofás ou cadeiras, mas também são um charme adornando peças de design menores.

Basta achar a tonalidade de rosa que mais combina com você e seu estilo, indo do rosa bem suave ao mais marcante. Qual é o seu?