Pai que é pai

Licença paternidade

Fotos: Johan Bävman

Quanto tempo é suficiente pra que os novos pais recebam o baby, se ajustem à rotina e possam cuidar com muito amor e calma sua cria? Se no Brasil as mães ganham no máximo 6 meses, aos pais acredita-se que só 5 dias são suficientes.

Mas países como a Suécia andam revolucionando esse conceito aderindo à “Licença Parental”, ou seja, cabe aos dois as dores e as delícias de passar os primeiros meses juntinho com o bebê. O casal tem o direito de passar 480 dias com o filho recém chegado, sendo que 60 dias obrigatoriamente divididos entre dois, fazendo com que ambos possam aproveitar igualmente e dividir as responsabilidades iniciais.

Licença paternidade

Fotos: Johan Bävman

Depois disso os pais podem escolher quem passa o resto dos meses cuidando do bebê, e não são pouco os papais que optam por cuidar da casa e dos filhos enquanto elas voltam ao mercado de trabalho. E são esses pais que viraram foco do ensaio “Pais Suecos”, criado pelo fotógrafo Johan Bävman(https://www.facebook.com/fotografjohanbavman?fref=ts) para mostrar a doçura do dia-a-dia dessas famílias, que expressam uma realidade que deveria ser muito mais comum. 

Licença paternidade

Fotos: Johan Bävman

O resultado é pra lá de fofo, e anda inspirando por aqui. Através da campanha “Eles por Elas” ( http://www.onumulheres.org.br/elesporelas/ ) a ONU convida os pais a mostrarem como é cuidar dos seus filhos na versão brasileira do projeto, saiba como participar aqui ( https://nacoesunidas.org/onu-e-governo-da-suecia-convidam-brasileiros-a-participar-de-campanha-de-fotos-sobre-paternidade/ ).

E viva o Dia dos Pais!