A arte de resistir

Foto: Beth Moon

Mais do que belas imagens, a fotógrafa americana Beth Moon viajou por aí captando alguns dos habitantes mais antigos e importantes da terra. Depois de uma longa pesquisa, ela encontrou e fotografou algumas das árvores mais velhas e imponentes que ainda restam, sábias e majestosas, em alguns dos lugares mais remotos do mundo.

Foto: Beth Moon

Foram 14 anos mapeando e procurando essas belíssimas árvores ancestrais, entre desertos e florestas da China, Índia, diversos países da África, Europa e Américas. Algumas chamaram atenção pela força e beleza, outra pela idade, outras pela magnitude, mas todas elas, sem nenhuma dúvida, encantam pela potência do que representam.

Beth Moon

Foto: Beth Moon

São árvores que resistem por séculos, assistindo os efeitos do homem sobre a natureza e todas as mudanças que acompanham nossa história, sem dúvida uma experiência única estar perto delas. “Uso basicamente três critérios para escolher determinadas árvores: idade, um tamanho muito grande ou história notável. Eu pesquiso as localizações por uma série de métodos: livros de história, livros botânicos, registros e árvores, matérias de jornais e informações de amigos e de viajantes”, diz a fotógrafa.

As fotos lindas estão reunidas no livro “Ancient Trees: Portraits of Time” e, além de encantar, mostram que essas árvores têm muito para nos ensinar sobre resistência e preservação da nossa natureza e história.