Entre cães e g… uepardos!

Cães e guepardos

Imagens: www.sdzsafaripark.org

Dificilmente você vai encontrar uma notícia tão do bem na internet hoje, essa é mesmo para arrancar alguns suspiros por aí. Um zoológico americano encontrou a solução mais simpática do mundo para salvar os guepardos da extinção.

Cães e guepardos

Imagens: www.sdzsafaripark.org

Isso porque esses felinos, também conhecidos como chitas, são considerados tímidos e ansiosos, o que andava dificultando a reprodução assistida dos bichanos. Até que resolveram apresentá-los aos cães labradores, superdóceis e sociáveis.

A amizade, que começa quando os dois são ainda bebês, tem feito com que chitas copiem o comportamento dos cães e se tornem também cada vez mais amigáveis.

Cães e guepardos

Imagens: www.sdzsafaripark.org

Um belo exemplo também de como as diferenças podem ser complementares e de como as amizades podem nos ajudar a viver melhor. Mais alguém com o coração derretido por aí?

Muito além do décor

Arquitetura sustentável

Imagens: Casa Vogue

É difícil não fazer o exercício de imaginar como serão as cidades do futuro. Apaixonadas por verde e natureza que somos, é comum torcer o nariz para o que se esperava sobre o amanhã, megametrópoles metálicas, com carros por todos os lugares, até mesmo no céu.

Por isso nos encantamos com o projeto que está em desenvolvimento em Liuzhou, na China, já com data marcada para virar realidade. Em 2020 a primeira cidade-floresta do mundo vai estar de portas abertas, pronta para acomodar 30 mil pessoas com estrutura completa que inclui casas, hotéis, escritórios, hospitais, escolas e tudo mais que comporta uma cidade tradicional.

Arquitetura sustentável

Imagens: Casa Vogue

Com algumas diferenças dos sonhos, a cidade criada pelo arquiteto italiano Stefano Boeri receberá 40 mil árvores e um milhão de plantas de mais de 100 espécies diferentes, que estarão presentes em todos os prédios em grandes jardins verticais e servirão não só para embelezar o projeto, mas também diminuir a temperatura média da cidade, criar barreiras naturais contra os ruídos, e melhorar a qualidade do ar.

Segundo o arquiteto, a cidade será capaz de gerar 900 toneladas de oxigênio por ano, além de absorver quase 10 mil toneladas de dióxido de carbono e 57 toneladas de poluentes. O projeto é impressionante e promete ser uma revolução na maneira que vivenciamos a natureza, além do deleite visual, aproveitando tudo que ela pode oferecer para nossa qualidade de vida. Uma forma de habitar mais saudável e em comunhão com valores que não deveríamos nunca ter deixado para trás.

Enquanto isso, vale fazer a nossa parte e encher nossa casa de plantas que purificam o ar e melhoram o entorno!

 

Orquídeas raras

 
Formas variadas, perfume inebriante, cores diversas. As orquídeas encantam pela sua diversidade e beleza. Algumas delas pertencem a uma das maiores famílias botânicas existentes, mas são tão raras que poucas vezes foram vistas. Fetiche de colecionadores orquidófilos, algumas até mesmo foram dadas como extintas da natureza. Saiba mais sobre algumas delas:

Cattleya walkeriana

Orquídeas raras

Foto: minhasplantas.com.br

Venerada por aficionados por orquídeas, essa espécie nativa brasileira exibe perfeita e equilibrada simetria em sua forma, além de uma coloração excepcional. Por ser considerada em risco de extinção, cada exemplar da espécie chega a custar R$ 1.500 e alguns de seus híbridos, em particular a Cattleya walkeriana ‘Feiticeira’, pode facilmente chegar a valer R$ 3.000.

Cattleya schilleriana

Orquídeas raras

Foto: pinterest.com/pin/457326537151148301

Endêmica do Espírito Santo, aqui no Brasil, esta belíssima espécie se encontra, atualmente, extinta na natureza. Este fato leva a um cuidado diferenciado no que toca ao cultivo de plantas remanescentes, bem como à permanente tentativa de reintrodução da espécie  em possíveis habitats. É também bastante procurada.

Fredclarkeara After Dark

Orquídeas raras

Foto: hybridorchid

Após múltiplos cruzamentos eis um híbrido de coloraçao negra. Essa orquídea é uma raridade entre as flores em geral, o que a torna objeto de desejo não só por parte de orquidófilos, mas de qualquer colecionador de plantas.

Paphiopedilum rothschildianum

Orquídeas raras

Fotos: pickanorchid.com/paphiopedilum-rothschildianum

Essa extravagante orquídea detém o lugar de mais rara e, consequentemente, mais cara dentro do gênero Paphiopedilum. As suas flores listradas lhe conferem uma aparência de joia rara.

Dendrophylax lindenii

Foto 9 e 11

Fotos: sforchid.com | leightonphotography

Delicadamente bela, é conhecida pelo nome comum de “ghost orchid” (em português, orquídea fantasma), porque não possui folhas, apenas raízes e flor. Que aficionado de orquídeas poderia não desejá-la?

Para chamar de sua

Décor

Fotos: At Mine | Standshem

Uma casa com quintal, uma horta, um jardim florido com passarinhos cantando, uma lindeza e infelizmente um sonho cada vez mais difícil nas grandes cidades. Mas nós já nos daríamos por satisfeitas com uma bela varanda simpática, quem não?

E por menor que seja, sempre é possível aproveitar o espaço de maneira esperta e fazer da sua varanda seu quintal dos sonhos. Se for bem apertada mesmo, vale ceder todo espaço às plantas, elas contribuem com uma casa perfumada, com beija-flor voando.

Décor

Fotos: Nooks | Histórias de casa

Plantar ervinhas para usar no dia a dia também é uma ótima ideia, pequenos vasos com alecrim, manjericão, lavanda, coentro, o que você quiser, e também flores coloridas e resistentes, como margaridas e gerânios. Vale saber a posição do sol e como se comportam as plantas de acordo com a luz do seu apartamento.

Com um pouco mais de espaço, nem pense duas vezes, uma cadeira bem confortável para espairecer e aproveitar a vista, se couber uma rede melhor ainda, um livrinho, uma xícara de chá e uma taça de vinho. Pronto, não conseguimos imaginar outro paraíso. Aproveite!

Jardins suspensos

6 - 18

Fotos: www.designrulz.com | @houseplantdiary

Perfeito para apartamentos e espaços pequenos, vasos dispostos em estantes ou pendurados em belos suportes de macramê são o suporte perfeito para liberar espaço útil. Além disso, conferem charme e revelam uma nova perspectiva para o uso e decoração do espaço aéreo em ambientes internos.

9

Foto: www.designrulz.com

Explorar diferentes alturas para posicionar os vasos dá tridimensionalidade, enquanto empresta ar criativo e movimento aos espaços. Na escolha das espécies, o ideal é dar preferência às adaptadas a lugares mais sombreados e apostar em folhagens surpreendentes.

12 - 13

Fotos: Etsy

Eis as nossas preferidas:

– Avenca (Adiantum raddianum)

– Carrapatinho (Peperomia rotundifolia)

– Columeia (Columnea gloriosa)

24

Foto: haarkon_

– Columeia-peixinho (Nematanthus wetsteinii)

– Dedo-de-moça (Sedum burrito)

– Dinheiro-em-penca (Callisia repens)

– Falsa-violeta-africana (Streptocarpus saxorum)

– Hera (Hedera helix)

– Lágrima-de-bebê (Soleirolia soleirolii)

– Trapoeraba-roxa (Tradescantia zebrina)

28 - 24

Fotos: @haarkon_

– Peperômia-filodendro (Peperomia serpens)

– Planta-alumínio (Pilea cardierei)

– Planta-vela (Plectranthus coleoides)

– Quaresmeira-rasteira (Schizocentron elegans)

– Ripsális (Rhipsalis baccifera)

– Rosário (Senecio rowleyanus)

– Samambaia-azul (Polypodium aureum)

30 - 27

Fotos: haarkon_

– Samambaia-chorona (Nephrolepis pendula)

– Samambaia paulistinha (Nephrolepis pectinata)

– Trapoeraba (Tradescantia pallida)

– Véu-de-noiva (Gibasis pellucida)