Vai dar fruto

Foto: travellerspoint.com

Se por aqui o sol toma conta da maior parte do ano, alguns países, como os de clima mediterrâneo, apresentam as 4 estações bem marcadas. E a Itália não foge à regra, por isso suas frutas mudam de acordo com a época do ano, colorindo as árvores, perfumando os pratos e deixando as feiras fartas de belas opções.

Foto: mimithorisson.com

A oferta de cada fruta é quase sempre restrita à sua sazonalidade. Claro que também podemos encontrar versões importadas o tempo todo, mas as da estação ganham em frescura e preço. Além disso, elas garantem uma alimentação variada e sempre renovando os sabores, hummm…

Fica o convite para uma viagem ao calendário das frutas italianas:

Com o fim dos dias longos e quentes do verão europeu, foi-se a ameixa, a amora, o damasco, o figo, a framboesa, a melancia, o melão, o mirtilo, o pêssego e a uva. Permanece a avelã e as amêndoas secas, que finalmente são colhidas do pé.

Foto: ichigoshortcake.com

Com a chegada do outono, chegam as cores quentes e, com elas, as nozes, que ficam até dezembro. As peras também ficam prontas e daqui para a frente podem ser encontradas durante boa parte do ano, pelo menos até ao início do verão. O outono também é a época da romã, do caqui e, claro, da laranja e da maça que ficam até à primavera.

Foto: halfbakedharvest.com

O frio do inverno traz os melhores aliados contra os resfriados, carregados de vitamina C. Chegam o kiwi e a tangerina, que se juntam à romã, à laranja, à maça e às nozes.

Finalmente, com a primavera, chegam a deliciosa nêspera, a tão esperada cereja e o morango, que atiçam o paladar para o que virá na próxima estação, a mais farta de todas, o verão.

Foto: Flickr sdhaddow

Mas como pensar em Itália sem lembrar do limão? A notícia boa é que ele frutifica praticamente o ano inteiro!

 

 

  • Tags

compartilhar post

posts relacionados

    MARIA FILÓ © 2017 Todos os direitos reservados.