Dando o bolo

Dando bolo

Foto: Adventures in cooking

Branco, com mil camadas e bonequinhos representando os noivos no topo, recheado de chocolate ou baba de moça, frutas ou doce de leite. Seja como for, o bolo de noiva tradicional tem que ser lindo além de uma delícia.

Fotos: Petite Sweets | Misty Mornings | Stone Fox Bride

Mas a verdade é que, na onda de casamentos cada vez menos formais e grandiosos, o clássico bolo de noiva se viu ameaçado pelo Naked Cake e suas vertentes cada vez mais coloridas com inspiração mais boho e clima mais leve. 

E se a sua onda é uma festa mais simples com clima mais descontraído e alegre, mas sem abrir mão do charme, que tal também inovar na hora de partir o bolo? Nossa inspiração é uma sobremesa que enche os olhos, tem nome bonito e uma história curiosa por trás.

Dando bolo

Fotos: Food to love | Cooks with cocktails

 O bolo Pavlova tem nome russo, mas duvidamos que você adivinhe que ele nasceu foi na Oceania. Austrália e Nova Zelândia até hoje “disputam” a autoria do belíssimo doce, inspirado na bailarina Anna Pavlova, que levou seu incrível ballet pra passear do lado de lá em 1926.

A ideia de um bolo que remeta à leveza da saia de Tutu encantou o mundo, não só pela beleza, mas também pelo sabor. Nas versões contemporâneas, o Pavlova contrasta o branco das claras em neve com o colorido de frutas, de preferência as vermelhas, mas vale investir em mil versões.

Dando bolo

Fotos: El Ciervo

Ao invés de um grande bolo, vale rechear a mesa de doces com Pavlovas de tamanhos variados, ou servir em versão mini, que também é uma graça. Uma ideia surpreendente e deliciosa pra inovar no grande dia. Apostamos que ninguém vai dar bolo!