Todas as faces do mundo

Fotos: Alexander Khimushin

É a coisa mais bonita do mundo quando um fotógrafo vai além do dia a dia e faz um projeto pessoal virar universal. Como a fotógrafa que há quase vinte anos registra as árvores mais antigas do mundo, o fotógrafo Alexander Khimushin roda o mundo mostrando preciosidades.

Alexander Khimushin

As pessoas que habitam os quatro cantos dos planeta, dos lugares populosos aos mais remotos, revelando a beleza de toda diferença.

Por enquanto Alexander já viajou por cerca de 84 países e capturou belezas raras que habitam continentes, países, cidades, tribos, do Japão à Etiópia, da Guatemala ao Afeganistão.

Fotos: Alexander Khimushin

Entre as coisas mais surpreendentes estão as quebras de estereótipos, como o menino afegão loiro de olhos claros ou um russo com traços orientais. Também adoramos observar os trajes, os adereços, o quanto cada rosto carrega um pouco da história e da natureza de cada lugar.

Fotos: Alexander Khimushin

Para ver mais e conhecer um pouco das histórias, vale seguir o Instagram dele, The World in Faces e seguir seu site.

Incrível!

Cozinhando novos afetos

Ateliê materno

Fotos: www.ateliematerno.com

Com o nascimento ou adoção de cada bebê, nasce uma mãe que precisará se reinventar, seja no convívio social, familiar ou profissional. Às vezes é de forma suave, às vezes mais potente, outras é uma super-revolução.

Ateliê materno

Fotos: www.ateliematerno.com

No caso da Bruna e da Carol foi uma revolução de afeto, que as uniu transformando a experiência da maternidade numa bela amizade e num novo negócio que só faz prosperar. Unidas através da escola das filhas, as duas construíram o Ateliê Materno, uma fábrica de fofuras de madeira feitas para transformar o cotidiano em brincadeira.

Ateliê materno

Fotos: www.ateliematerno.com

A Carol resolveu recriar a cozinha de brinquedo da sua infância para a filha Sophia. Adicionou pitadas lúdicas ao ingrediente principal, a madeira, e a receita foi um sucesso.

Ateliê materno

Fotos: www.ateliematerno.com

Do dia para a noite recebeu milhões de encomendas e a Bruna se juntou a ela para criar o negócio que já dura dois anos.

Ateliê materno

Fotos: www.ateliematerno.com

A história de empreendedorismo e amizade continua para além do portão da escola, da casa e da mesa do escritório. Agora as duas também contam numa websérie um pouco de tudo que juntas fazem florescer.

Para morrer de amor… e se inspirar!

Muito além de um conto de fadas

Dream Big Princess

Foto: divulgação

Já faz um tempo que os modelos femininos infantis vêm sendo questionados. Nessa roda, as princesas da Disney entraram na berlinda, afinal, as meninas de hoje já não se inspiram com mulheres rivais e príncipes salvadores.

Dream Big Princess

Foto: divulgação

Ligada nos novos tempos, a Disney começou a lançar uma nova leva de princesas guerreiras, corajosas e interessadas em muitas outras coisas além de um bom casamento para garantir o “felizes para sempre”. E agora, como parte desse esforço, uma nova iniciativa foi criada para propagar essa nova realidade.

Dream Big Princess

Fotos: divulgação

Através da campanha Dream Big, Princess, eles convidaram 19 fotógrafas de 15 países para retratar meninas levadas, atletas, artísticas, reais, que superam desafios, se divertem, sonham grande e que têm tudo para conquistar o que quiserem nessa vida.

Dream Big Princess

Foto: divulgação

O projeto segue no Brasil como “Sou Princesa, Sou Real”. As imagens já podem ser compartilhadas e ajudam a arrecadar fundos para a campanha Girl Up das Nações Unidas, que incentiva a liderança e o empoderamento de meninas no mundo todo.

Isso sim é inspiração. O futuro promete!

O poder do sorriso

O poder do sorriso

Foto: divulgação/reprodução

 Mais que mil palavras, mais que mil imagens, mais do que todo o dinheiro do mundo. Quanto vale o sorriso de uma criança? Agora imagine o valor do sorriso de uma criança que vive em alguma situação extrema, daquelas que a gente prefere nem imaginar.

O poder do sorriso

Foto: divulgação/reprodução

Pois tem uma turma que entende esse valor e sabe o quanto é importante levar um pouco de alegria para crianças que as vezes não têm tempo de saber o que é ser criança. Como é o caso dos pequenos que vivem em países em meio de guerra, onde falta principalmente alegria.

O poder do sorriso

Foto: divulgação/reprodução

O The Flying Seagull Project (https://www.facebook.com/flyingseagulls/)  é um grupo inglês de palhaços, artistas e músicos que vivem de fazer palhaçada e criar sorrisos gigantes entre crianças refugiadas, em situação de extrema pobreza e adultos que há muito não se divertem.

O poder do sorriso

Foto: divulgação/reprodução

Muito além do momento, o grupo também educa a comunidade e disponibiliza material pra que a ação seja mais do que somente um encontro, levando essa leveza para o dia a dia, todos os dias. O grupo pra lá de especial acredita na alegria como um bem essencial, mais do que isso, um direito, afinal, toda criança deve ser criança… e sorrir!

Uma pitada de mostarda

Pitada de mostarda

Foto: Casa Vogue | Claudia Bartelle

 Na decoração como nos sabores, um tantinho de mostarda pode cair muito bem. Se antes a cor tinha fama de difícil que não trazia tantas possibilidades, de uns anos pra cá, a variação de amarelo, entre o marrom e o dourado, tem ganhando a cena.

 

Fotos: And what else is there | Casa Casada | Inside Out

A dica é não usar com exagero e sim uma pitada pra marcar o espaço e deixar todo o ambiente com ar muito mais elegante e surpreendente. Cor bem marcante, o mostarda não precisa de muito pra complementar podendo reinar soberano no meio de um decór bem neutro. Além do preto e branco clássicos, o cinza, o marinho e outros tons de azul como o turquesa e o petróleo também são excelente companhias pra cor.

Pitada de mostarda

Foto: Casa Vogue | New Zealand Design blog

Pra quem gosta de tonalidades mais calientes, o mostarda também faz bonito com vermelho ou com o rosa Quartz pra quem prefere uma mistura mais romântica e contemporânea. Pode ser num detalhe como uma almofada ou uma roupa de cama, colorindo uma parede ou em um móvel mais substancioso como um sofá.

Assim como na cozinha, o gosto é misturar!