Lugar de fala

Lugar de fala
Imagem: divulgação

Muito tem se falado no termo “lugar de fala”, que entrou para o vocabulário contemporâneo junto com novos termos e siglas que vêm transformando nosso cotidiano, abrindo diálogo para um momento mais tolerante e diverso. Mas o que é lugar de fala, afinal?

Lugar de fala
Imagem: divulgação

É hora de aproveitar sombra fresca e areia quente para se debruçar sobre o livro “O que é lugar de fala?”, da filósofa Djamila Ribeiro, que destrincha o termo defensor do espaço das minorias como interlocutores de seus movimentos, fomentando múltiplas vozes sobre os fatos, através do olhar de quem os vive no dia a dia.

Lugar de fala
Imagem: divulgação

Assim, negros têm o lugar de fala – ou seja, a legitimidade – para falar sobre o racismo, mulheres sobre o feminismo, transexuais sobre a transfobia e assim por diante, sem excluir ninguém do debate. O livro, aliás, expande nosso olhar por meio do pensamento de feministas negras, com obras essenciais que também devíamos levar ao sol.

E começar o ano com as ideias renovadas e voz ativa nas nossas questões!

  • Tags

compartilhar post

posts relacionados

    MARIA FILÓ © 2017 Todos os direitos reservados.