Black Friday

Começou a Black Friday por aqui. Peças selecionadas com até 50% OFF para você atualizar seus looks, garantir aquele presente de Natal, começar o verão com pé direito e armário renovado. Aproveite enquanto é tempo!

Todas as lojas participam, com exceção de Roraima. Garanta a sua peça aqui.

Confira regras: peças selecionadas da coleção de Primavera 17. Não cumulativa com outras ações, promos e desconto de aniversário. Válida até dia 26 de novembro.

Jardins italianos

Foto: anamaddock.com

Passeando entre o mar e a montanha italianos, sempre dá tempo (e vontade) de conhecer um pouco mais sobre seus românticos jardins. Quem vem?

Fotos: visittivoli.euairimatges.files.wordpress.com | greenparkmadama.it/en/rocaille.it

Topiária, flores, muitas frutíferas, terraços em diferentes níveis, templos, grutas artificiais, estátuas e, claro, a presença obrigatória da água caracterizam o típico jardim italiano que incorporou, no traçado geométrico, o calor do mediterrâneo e rompeu com a excessiva formalidade de outros estilos.

Jardins italianos

Foto: civitavecchiaport.org

A topiária aparece de forma parecida com o estilo francês, mas com menor rigidez. Cercas vivas conduzem o visitante a pontos de contemplação principais dentro do jardim, com vistas panorâmicas quase sempre memoráveis, como acontece na Villa Cimbrone e Villa Rufolo ou, muito frequentemente, culminando em espaços com a água como protagonista em fontes, chafarizes ou espelhos d’água.

Fotos: civitavecchiaprivatetransfer.com | Riccardo – Creative Coomons  | borghesegardens.com | forums.superherohype.com

Muito comuns também são os jogos de água. Villa D’Este, em Tivoli, é um ótimo exemplo de como esses eles acontecem dentro do jardim italiano, além de ser considerado obras-prima dentro do maneirismo, estilo em que se enquadra.

Jardins italianos

Foto: theslowpace.com

Aos jogos d’água somam-se o design de floração e de folhagem (perene e caduca) de uma exuberante e variada vegetação, que provoca uma constante transformação do jardim italiano ao longo do ano, explodindo em cores na primavera. À paleta floral se junta as nuances cromáticas das frutas de cada estação – macieiras, romãzeiras, laranjeiras e limoeiros são algumas das árvores frutíferas mais comuns nos jardins de estilo italiano.

Fotos: theslowpace.com + fondoambiente.it

Outra característica destes jardins são os terraços organizados em diferentes níveis, oferecendo diversas experiências e perspectivas dentro do jardim. Caramanchões, arcos, grutas artificiais, templos mitológicos, estátuas de ninfas e deuses, além de outros elementos ornamentais que  também surgem como protagonistas.

Jardins italianos

Foto: travelingintuscany.com

Tudo bem que fica difícil trazer tamanha grandiosidade para casa, mas vai dizer que não é uma belíssima inspiração? Ou para já escolher o destino da sua próxima viagem, quem sabe até casar com um cenário desses, puro sonho!

Brincadeira de criança

Foto: Play Well Africa

Começou como uma brincadeira, aos 6 anos o menino Micah pediu ao pai mais um Lego e ouviu aquele sermão que todo mundo conhece: você já tem muito brinquedo, sabia que tem criancinhas sem nenhum?

Brincadeira de criança

Foto: Play Well Africa

Ele não sabia e ficou chocado ao entender que tinha privilégios e que nem todas as crianças tinham as mesmas oportunidades, um lar bacana e uma caixa cheia de Legos. Poderia ter ficado por aí, mas Micah Slentz não se conformou e decidiu colecionar peças avulsas entre seus amigos. Até que chegou uma hora quando a cidade inteira ajudou o menino a juntar peças que andavam perdidas pelas casas.

Brincadeira de criança

Foto: Play Well Africa

E assim nasceu o projeto Play Well Africa, da empatia de um menino em saber que toda criança tem direito à brincadeira. Hoje muitas crianças em países como Kenya, Uganda e Botswana podem construir barcos, casas, carrinhos e o que mais a imaginação deixar com muitas pecinhas do brinquedo que não param de chegar através da iniciativa de Micah.

Brincadeira de criança

Foto: Play Well Africa

Mas não bastou ter tido a ideia, ele fez questão de ir pessoalmente entregar os brinquedos, visitando escolas, casas e orfanatos para levar diversão aos pequenos. Uma ideia inspiradora que pode tirar qualquer um da zona de conforto, vale pensar em alguma coisa bem pequena que pode se transforma numa grande diferença. Como uma pecinha de Lego.

Tricô para o verão

Se você pensa que tricô é sinônimo de looks pesados com a cara do inverno, é hora de expandir seus horizontes (e seu frescor)! A temporada de primavera/verão chega com peças adornadas pelas tramas vazadas, que garantem doses extras de leveza e elegância.

Tricô para o verão

Sim, a aposta da vez é o jogo de mostra e esconde da pele proporcionado pelo tricô. As versões em tons claros são perfeitas para coquetéis de fim de tarde, ou quem sabe um almoço especial? Com um casaco se tornam um ótimo candidato a look de trabalho, que tal?

Tricô para o verão

Os tricôs em cores escuras são uma belíssima alternativa para um visual noturno, que pede sofisticação e pitadas de sensualidade. Arremate com detalhes especiais, como um toque de cor ou franjas que conferem movimento à produção.

Pronta para se tornar protagonista da trama quente?

Não importa a ocasião, sua bolsa está aqui. Seja no look de trabalho, que pede uma maxibolsa, sem deixar o estilo de lado, ou para um passeio diurno à beira da praia, ou quem sabe num resort, aproveitando as férias. Com detalhes especiais ou tramas naturais, o importante é ter espaço de sobra para levar tudo que precisa.

Mas se o evento pede menos espaço e mais elegância, invista numa bolsa pequena, mas com texturas únicas, uma cor quente e design com fôlego renovado. Para um evento mais informal, aposte num básico versátil, que fica ótimo com produções mil, mas com formato fora do óbvio para turbinar o visual.

Qual delas é a sua companhia perfeita? Escolha aqui.