Basquiat

Imagens: divulgação/reprodução

Desde o dia 25 de janeiro, a dica é bater pé por Sampa, que recebe uma megaexposição de Jean-Michel Basquiat, um dos mais rebeldes e populares artistas contemporâneos que o mundo já viu. Emergido da cena urbana de NY, por onde transitava marcando muros com suas formas instintivas, primitivas e cheias de protesto através do codinome SAMO, Basquiat foi precursor do movimento que elevou a arte urbana ao patamar dos grandes museus.

Basquiat

Imagens: divulgação/reprodução

Sejam seus grafites, suas coroas e desenhos inspirados pelo jazz, pela arte africana, por suas raízes e as marcas do que viveu, ou seja incorporado pelo Pop Art, trabalhando em conjunto e admirado por grandes nomes como Andy Warhol, Basquiat deixou uma vasta obra, apesar de ter partido com apenas 27 anos.

Basquiat

Imagens: divulgação/reprodução

Toda beleza, potência e energia de seus quadros estarão pelos 4 andares do CCBB paulista, num total de 80 obras, entre telas, desenhos, litografias, cadernos e até objetos pintadas por ele em apenas uma década, e que fizeram dele um dos artistas mais valorizados internacionalmente, até os dias de hoje.

Basquiat

Imagens: divulgação/reprodução

Imperdível é pouco!

Exposição durante o carnaval

Fora os foliões mais apaixonados, tem também uma turma que ama o carnaval, mas gosta de tirar pelo menos um dia de “folga” da folia para, ufa, colocar os pés para cima. Se você é desses ou é do time que não quer mesmo saber de confete e serpentina, a nossa dica é escapar do carnaval com arte.

Exposição durante o carnaval

E para isso nada melhor do que aproveitar um dos espaços mais queridos do Rio de Janeiro, o Parque Lage, para recarregar as baterias (ou fugir delas). A Escola de Artes do Parque Lage aproveita fevereiro para promover um “casadinho” de exposições de dois dos maiores artistas brasileiros, Carlos Vergara e Helio Oiticica.

Exposição durante o carnaval

O primeiro exibe fotografias tiradas entre os carnavais de 1972 e 1976, mostrando uma festa tradicional, crua e democrática, como continua sendo, ainda bem. A expô 5 carnavais segue o caminho de uma das suas fotografias mais famosas, para retratar outros momentos de samba, suor e a realidade do Brasil. Já Oiticica poderá ser lembrado na exposição Neyrótika, que combina músicas e imagens criadas pelo artista também nos anos 70.

Durante o carnaval, o Parque Lage estará fechado só no sábado, e as exposições seguem abertas até 11 de março, ou seja, não precisa perder nenhum bloquinho!

A Forma da Água

Imagem: divulgação/reprodução

Ainda apresentando os candidatos ao Oscar e um plano de fuga para quem quiser descansar na folia, a dica de hoje é um filme de época, um romance peculiar e também um filme de monstro. E se você pensou em algo como A Bela e a Fera, basta tirar um pouco o glamour e tingir com maior carga dramática, pronto, chegamos perto de A Forma da Água.

A Forma da Água

Imagem: divulgação/reprodução

O filme dirigido por Guillermo Del Toro já levou o prêmio de melhor filme no Festival de Veneza e, com 13 indicações, é o líder em indicações na corrida pela estatueta de ouro. A história narra o romance fantástico entre uma faxineira muda e uma criatura aquática, apreendida num laboratório pelo governo americano. Um encantamento esquisito nasce entre a moça simples e o monstro, mas o filme não esbarra muito numa ficção científica, ficando entre o tom de fábula e de melancolia.

A Forma da Água

Imagem: divulgação/reprodução

Ambientado durante a Guerra Fria, A Forma da Água, ganha perfume político ao retratar a corrida espacial e o movimento pelos direitos civis como plano de fundo dessa história de amor.

A Forma da Água

Imagem: divulgação/reprodução

E aí, bateu curiosidade?

Lady Bird

Fotos: divulgação/reprodução

A festa do Oscar esse ano promete novas emoções e uma torcida já organizada por uma causa e tanto. Depois de anos dominada por homens, a seleta lista de melhores diretores conta com uma mulher entre os indicados, marco que ocorre pela 5ª vez em toda a história da premiação.

Lady Bird

Fotos: divulgação/reprodução

E não para por aí, a atriz e diretora Greta Gerwig tem chances reais de levar o troféu dourado pelo seu filme de estreia, Lady Bird, e se tornar a 2ª mulher a levar o prêmio. É difícil pensar que em 90 anos apenas uma mulher tenha vencido o Oscar, Kathryn Bigelow, mas muito além de justiça, o filme de Greta promete realmente merecer ser contemplado.

Lady Bird

Fotos: divulgação/reprodução

O longa concorre em outras 4 categorias, melhor roteiro, melhor atriz para Saoirse Ronan, melhor atriz coadjuvante para Laurie Metcalf e melhor filme. Nada mal! E nós já estamos ansiosas para ver essa história sobre a chegada da maturidade, com certeza de que vamos nos identificar em muitos momentos com a delicada relação entre mãe e filha.

Lady Bird

Fotos: divulgação/reprodução

Palmas para as mulheres que estão mudando a história do cinema, mostrando nas telas e fora delas o quanto nós somos plurais.

Está aí uma coisa que nunca vamos deixar de fazer: desviar o assunto para o “papo de signo”, ler horóscopos, livros, matérias, ir a uma astróloga, pelo menos uma vez na vida. Então claro que paramos para ver as ilustrações da paulista Nath Araújo:

Signos

Signos

Signos

 

Ela ilustra as moças de todos os signos, que trazem aqueles traços inquestionáveis da astrologia. E apostamos que você já está se procurando, pois então segue a Nath por aqui.