O blog da Maria Filó

Xô, ambiente de trabalho tóxico

 

Já se foi o tempo que associávamos saúde somente ao nosso estado físico. Hoje temos uma visão totalmente diferente sobre bem-estar (ainda bem!) e sabemos que ela vai além do corpo. Não apenas sua consciência corporal contribui para você ser uma pessoa saudável, mas também sua cabeça e suas relações.

Aquele boy lixo, ficar o tempo todo se colocando para baixo, estar num ambiente de trabalho tóxico. Tudo isso atrapalha uma vida saudável. Afinal, a gente absorve a energia ao redor, então precisamos nos cercar de pessoas, atitudes e pensamentos que não nos limitem, mas nos levem além.

Passamos mais de 8 horas, na maioria das vezes, no escritório. Pensa só no quanto isso representa no seu precioso tempo. Por isso, vale buscar estar num lugar que te faça sorrir.

Mas como investir em um ambiente de trabalho saudável? E agora, quem poderá te ajudar a decifrar esse enigma? Nosso time de Gente e Gestão dá dicas por onde começar!

Investir em iluminação e ventilação

Pode ser possível dar um up nestas áreas sem gastar muito dinheiro. Qualquer funcionário pode ajudar. Que tal dar procurar o RH da sua empresa e sugerir?

Ambientes bem iluminados te ajudam a produzir com mais qualidade. Luz natural melhora o humor e faz bem à cabeça. Quanto às artificiais, lâmpadas de led são algumas boas opções.

 

 

Sugira que utilizem cores claras na parede na próxima pintura. Janelas e portas de vidro também podem aumentar a iluminação nos espaços da sua empresa.

Sua empresa tem algum espacinho sobrando?

Como falamos, passamos cerca de 1/3 do nosso tempo na labuta. Então nada mais justo que investir no conforto. Como? Um espaço confortável para os funcionários pode ajudar. Aquele lugar para conversar na hora do almoço ou beber um café.

Se a sua empresa tem um espaço sobrando, pense nessa ideia. Vocês podem fazer uma vaquinha para comprar uma cafeteira, por exemplo. Ou quem sabe alguém tem uma cafeteira sobrando? O importante é deixar esse espaço com a carinha de vocês.

 

 

Tragam livros de casa, peguem caixotes de feira e façam uma pequena prateleira ou estante e deixe a disposição para que as pessoas possam ler nas horas vagas.

Vale colocar cores que vocês gostem, adesivos e plaquinhas legais que vocês acharem em feirinhas, ou coisas que outros colegas já tenham em sua mesa. Que tal fotos das famílias dos funcionários em um quadro na parede? Ou até mesmo de festas da empresa?

O importante é investir em um cantinho para ter momentos de descontração e aliviar estresse do dia a dia.

Fórmula de relacionamento? Diálogo

O espaço físico de toda empresa é importante, mas imagina ter um espaço lindo sem troca entre pessoas? Por isso, aqui vai uma fórmula tanto para aquelas pessoas de humanas quanto para as de exatas: espaço físico + troca = sucesso!

Isso mesmo. Produza um bom relacionamento com o seu gestor e com os seus colegas de trabalho. Isso ajuda a manter o seu ambiente de trabalho mais leve.

Como fazer isso? Chame seu gestor para um bate papo, conte sobre ideias novas ou coisas que você acha que podem ajudar. Peça feedbacks constantes e saiba que sempre vão existir coisas que você ainda pode desenvolver. Afinal, somos pessoas em constante evolução.

Quanto aos seus colegas, se reúna para o almoço, convide-os para passar a hora da refeição juntos quando puderem. Conte um pouco sobre você, saiba o que eles gostam de fazer fora do trabalho, pergunte como está a família deles. Ponha-se à disposição para ajudá-los, trabalhar em equipe é a melhor solução para ajuda não só a empresa, mas também suas relações.

Lembre-se de respeitar o espaço e momento de cada pessoa

Para que você mantenha um bom ambiente, é importante respeitar que cada colega de trabalho tem um tempo diferente. Por exemplo, para conhecer você melhor ou aceitar suas novas ideias. Se os colegas de time forem mais reservados, tente dar espaço para que se aproximem de você aos poucos.

Confiança como trilha 

Busque estar aberta às mudanças e não trabalhe defensivamente. As transformações são necessárias para a evolução do seu trabalho, então tente encará-las com otimismo. Nem sempre vai ser fácil, mas o exercício de se esforçar não tem contraindicação. 😉

Olhar para o outro com carinho e aceitar suas ideias ou críticas pode ajudar a desenvolver confiança nas relações. Humanização e inteligência emocional são ferramentas importantes para trabalhar com leveza e encarar os desafios sem medo de ser feliz.

Assim você ajuda a si e aos outros. Tente fazer também que seus parceiros de trabalho se sintam mais tranquilos, colaborando para um clima mais amistoso e calmo.

Promova a colaboração sempre que possível

Tente delegar as atividades para ficar menos atarefada. Assim, você desenvolve outras pessoas e também conquista tempo para repensar estratégias e possibilidades. Lembre-se: ninguém é uma máquina, precisamos de tempo para planejar e criar.

 

 
 

Compartilhe conhecimento, ensine, tenha paciência. Pense no quanto você pode ajudar outra pessoa a se desenvolver profissionalmente. E busque aprender sempre, ninguém jamais vai zerar o videogame de trabalho da vida real. Tudo se transforma o tempo todo. Então tenha humildade para reconhecer que o aprendizado é eterno.

Sempre que conseguir, peça ajuda a um colega, pergunte sobre as ideias que está propondo para um novo projeto, pergunte como ele faz para se organizar em seu dia a dia. Construa fortes laços de cooperação, isso ajuda em um ambiente amigável e gostoso.

Feedback: você também pode oferecer

Seu colega fez algo bacana ou algo que você acha que ele ainda precisa modificar? Você, como parceiro de trabalho, também pode passar um feedback para ele.

Mas lembre-se: você pode falar, sempre respeitando o momento e o espaço das pessoas. Uma dica: questione-se sobre sua amizade com essa pessoa e a abertura que tem com ela.

O feedback de pares é um dos mais importantes para manter um bom ambiente de trabalho, você é uma das pessoas que mais convive com os outros? Fale sobre o que acha que ela faz de melhor. Assim, você ajuda a engajar o colaborador que trabalha ao seu lado e o deixa mais feliz a cada dia por saber que alguém enxerga uma qualidade nele.

Vamos combinar: pessoas felizes não empatam a vida de ninguém, não é mesmo? Fazer o outro se sentir melhor é bom não só para ele, mas para você também.

 

 

Seja um espelho

Quer um ambiente de trabalho saudável? Seja um espelho, faça o que gostaria de que seus colegas fizessem para deixam o ambiente com um clima mais gostoso.

Você pode, por exemplo, dar ideias construtivas. Criticar só vale a pena se você for propositiva. Falar mal por falar não leva ninguém a lugar algum.

Assim, você será um exemplo para os seus colegas e, por que não, para seus gestores. Se você gostaria que ele mudasse sua postura, mostre sutilmente atitudes de como ele poderia agir.

Pronto, estão aqui dicas espertas para um ambiente de trabalho saudável. E se nada disso funcionar, fica o recado: você está no lugar errado. Buscar um ambiente que dê match com sua energia pode ser uma boa ideia.

Evite lugares e pessoas que façam você se sentir incapaz e que não confiem no seu potencial. Mas cuidado para não encarar todas as críticas como forma de te limitar. Muitas delas podem te ajudar. O importante é espalhar gentileza e buscar sempre o equilíbrio.

 

 

Xô, ambiente de trabalho tóxico!

  • Tags

  •   Cuidar da casa, de você mesma, das relações, estudar, fazer exe...
    saiba mais
  • Quando o tema é finanças para mulheres negras, Mônica Costa sabe como ...
    saiba mais
  • 5 dicas para fazer home office
    18.03.2020 • Trabalho
    Tudo muda o tempo todo com muita rapidez. Surgem novas formas de se fa...
    saiba mais
  • compartilhar post

    posts relacionados

      MARIA FILÓ © 2017 Todos os direitos reservados.