O blog da Maria Filó

LADY SINGS THE BLUES

Esperanza Spalding

Esperanza Spanding
Foto: divulgação

A nossa diva do jazz de hoje tem um nome que já parece uma canção, suave e marcante, como sua voz e sua beleza. Esperanza Spalding é aquelas musas que não conseguimos esquecer. A cantora preferida de Barack Obama foi uma criança prodígio, como tantas que apresentamos aqui. Aos 5 anos, já deixava uma audiência boquiaberta com seu talento.

Esperanza Spalding
Foto: The Sampler

Nascida em Portland, nos EUA, num ambiente multicultural efervescente, desde cedo Esperanza já se interessava por outras culturas e aguçava seus sentidos com música clássica, aprendendo a tocar violino sozinha desde muito cedo. Entre suas principais influências, ela cita a música brasileira, dizendo que sempre se encantou pelo nosso ritmo e pela sonoridade do português.

Esperanza Spalding
Fotos: My Space | Sinuous Magazine

Aos 15 anos,  já fazia apresentações em clubes de blues, mas ela continuou sua educação formal, tendo mais tarde ganhado uma bolsa integral em Berklee College of Music, a principal escola de música do mundo, para onde foi contratada aos 20 anos como instrutura, uma das mais jovens da história.

Apenas dois anos depois de lançar seu primeiro disco, em 2008 a cantora já estaria se apresentando no palco do Prêmio Nobel da Paz em Oslo, como escolha pessoal do presidente Barack Obama, o laureado daquele ano.

Um feito e tanto, que é apenas o começo… com vocês, Esperanza Spalding:

https://www.youtube.com/watch?v=TQtXo4tiZxs

 

  • Tags

  • Mulheres viajantes no cinema
    11.02.2020 • Inspiração
    Viajar é uma das melhores coisas da vida. Pegando carona na nossa cole...
    saiba mais
  • Meu dinheiro, minhas regras
    11.02.2020 • Inspiração
    Dicas de como se organizar financeiramente   “Não deixe o c...
    saiba mais
  • O que temos para fevereiro
    06.02.2020 • Cultura
    Fevereiro é o segundo mês do ano e um dos mais agitados. O motivo é......
    saiba mais
  • compartilhar post

    posts relacionados

      MARIA FILÓ © 2017 Todos os direitos reservados.