O blog da Maria Filó

Jardim suspenso: dicas para um décor nas alturas

Imagem: Jessica Bordner

Nada como chegar em casa depois de um dia cheio e revigorar as energias cercada de verde, não é mesmo? E se você não pode ir até a selva, que ela venha até você! Por isso, hoje vamos dar dicas para você criar um jardim suspenso na varanda.

As plantas podem ser ótimos complementos para renovar qualquer ambiente. Montar uma decoração para uma sua varanda com puffs coloridos, pequenas mesinhas e vasos de todos os tipos traz a natureza para perto de você.

Agora, e se você, por acaso, não possui muito espaço neste ambiente? Ainda assim iria gastar uma parcela da área com a montagem de um cantinho verde? Ou a deixaria livre apenas para móveis? 

E se dissermos que é possível montar um pequeno jardim dentro de casa sem usar muito espaço?

Jardim aquático suspenso

É hora de criar seu próprio jardim aquático suspenso! Afinal, eles são ótimas opções para quem quer ter um jardim especial, mas tem pouco espaço na varanda ou em qualquer outro cômodo da casa. Para fazer esse DIY especial, convidamos Giordana Pacini, da Junta Arquitetura, para nos ensinar a fazer um suporte para plantas que são amigas da água. Mãos à obra!

Materiais

  • 1 tábua de madeira, tamanho livre
  • 1 tubo de ensaio
  • 1 abraçadeira
  • 1 suporte para quadro
  • 1 parafuso para madeira
  • 1 seladora para madeira
  • 1 planta adequada para cultivo em água (existem muitas plantas adequadas para cultivo hidropônico. Algumas são: Jibóia, Pilea,
    Bambu, Espada de São Jorge, Lírio da Paz, Costela de Adão, Antúrio, Dracenas (Pau D’Água, Bambu da Sorte…), Clorofito (Planta-Aranha), Filodendro…)
  • 1 lixa para madeira nº150
  • 1 lixa para madeira nº180
  • 1 bucha para concreto nº6 (caso sua parede seja de drywall, compre a bucha adequada)
  • 1 gancho em L ou parafuso

 

Ferramentas

  • Chave philips grande ou parafusadeira
  • Chave philips pequena ou parafusadeira
  • Martelo
  • Alicate universal
  • Furadeira com broca nº6 para concreto
  • Estopa ou pincel
  • Recipiente com água
  • Régua
  • Lápis e borracha
  • Fita crepe
  • Saco plástico

 

Passo a passo

  • Para começar, lixe a madeira escolhida com lixa nº150 no sentido dos veios da madeira e remover bem a poeira.
  • Em seguida, aplique a primeira camada de seladora na madeira com pincel ou estopa e deixe secar por 1 hora.
  • Feito isso, lixe a madeira escolhida com lixa nº180 no sentido dos veios da madeira e remover bem a poeira.
  • Agora é hora de aplicar a segunda camada de seladora na madeira com pincel ou estopa e deixe secar por 1 hora.
  • Na parte de trás da peça de madeira, fixe o suporte para quadro. Isso porque é importante garantir que ele não ficará aparente quando for pendurado para dar melhor acabamento.
  • Já na parte da frente da peça, posicione o tubo de ensaio com a abraçadeira. Utilize a régua e lápis para marcar levemente a posição.
  • Logo depois, com os pregos para madeira, fixe a abraçadeira com o tubo de ensaio já posicionado.
  • Após ter escolhido a planta, retire gentilmente a terra envolta das raízes, cuidando para não rompe-las. Garanta que o ramo escolhido caiba no diâmetro do tubo de ensaio sem forçar as folhas da planta.
  • Lave as raízes em um recipiente com água, tirando todos os resíduos de terra. Caso necessário, apare as raízes e folhas, tirando
    partes não saudáveis das mesmas.

Hora de posicionar as peças

  • Coloque água no tubo de ensaio e insira a planta gentilmente. Pois somente as raízes e o caule devem entrar em contato com a água. As folhas não devem tocar a água e de preferência deve ficar para fora do tubo.
  • Escolha a parede onde será instalado o jardim.
  • Marque com o lápis onde deverá ser feito o furo na parede. Abaixo da marcação, colar um fita crepe um saquinho de plástico ou papel, para recolher os resíduos da parede.
  • Fixe a broca adequada à furadeira para garantir que ela está bem presa ao mandril, apertando com a chave.
  • Com a furadeira desligada, coloque o parafuso ao lado da broca para verificar até onde será preciso furar aproximadamente. Posicione a furadeira perpendicular à parede, para garantir que o furo saia reto. Fure até que seja suficiente para a bucha entrar.
  • Então, coloque a bucha no buraco e com a ajuda de um martelo, empurre até que esteja rente à parede.
  • Para finalizar, com uma chave de fenda ou parafusadeira, coloque o parafuso na bucha até o final, deixando um pouco para fora para prender o quadro. Se optar por um gancho, finalizar o aperto com o alicate. Voilà!

 

Vasos de plantas na varanda

Para iniciar a sua selva particular, uma ótima opção é incluir vasos de planta no seu ambiente. Eles renovam não só o ar da sua casa, como também se tornam itens para lá de elegantes na sua decoração.

Algumas casas possuem varandas abertas, integrando salas com jardins ou salas com vistas para a cidade. Esses espaços sempre apresentarão um visual diferenciado. Ficando mais conectado com a natureza, de algum modo. Não é à toa, portanto, que plantas combinam tanto com decoração de varanda.

Jardim suspenso na varanda
Imagem: Andrea Teixeira e Fernanda Negrelli

Como escolher as plantas para sua varanda

A varanda da sua casa, por exemplo, pode ser repleta de vasos de plantas, como se fosse um pequeno oásis particular. Você pode cultivar as espécies apenas pensando na estética do cômodo, como também manter isto como um hobby, tanto faz. 

O fato é que as plantas, nesta situação, devem ser um complemento positivo à decoração, sem comprometer a circulação e nem qualquer atividade desempenhada no local.

Por isto mesmo é que você precisa, antes de sair escolhendo plantas para o seu pequeno cantinho verde de casa, pensar em algumas questões. 

Por exemplo, quais as condições ambientais deste ponto da sua residência? Bate muito vento? Pega sol? Tem quantidade adequada de umidade? Enfim, quais espécies realmente se adequariam às tais características?

Imagem: Tanya Dolver

Depois de escolher as plantas que você quer e que poderão mesmo ser plantadas na varanda da sua casa, estude mais a fundo o caso. 

Com base no quanto de umidade elas precisarão, assim como o espaço para o crescimento de suas raízes e a proporção que seu tronco e caules alcançarão, é que se deverá escolher os modelos de vasos. Boas sugestões para estas áreas são os vasos cerâmicos e em fibras naturais.

Jardim suspenso na varanda
Imagens: Milena Aguiar e Juliana Freitas

Você pode colocar vasos de plantas por toda a decoração da sua varanda. Para começar, pequenos vasinhos sobre mesinhas auxiliares, aparadores e balcões. Afinal, também é interessante usar uma estante para vasos ou montar uma estrutura em uma parede especial para um jardim vertical. E ainda é possível fixar suportes no teto e criar um jardim suspenso.

Jardim suspenso na varanda
Imagens: Revista Viva Decora e Bohrer Arquitetura

Alguns suportes suspensos para vasos de plantas

Plantas de pequeno e médio porte podem ser colocadas em vasos suspensos em decorações de varandas. 

Como? Em suportes que possam ser fixados às paredes, no alto, ou direto no teto mesmo. Os jardins verticais ou suspensos, em geral, são muito simples de fazer e dão um resultado incrível para a decoração de uma casa.

A primeira alternativa para você, se for possível, sobretudo pensando na capacidade da estrutura do seu imóvel, é montar uma estrutura vertical. 

Pode ser um simples ripado de madeira ou uma grade metálica resistente o suficiente para receber o máximo de vasos de plantas que desejar. Sempre verifique o peso que vai colocar. Se preferir, pode apenas apoiar a peça contra a parede, para não danificar a mesma.

Imagem: Pinterest

A segunda alternativa é pendurar os vasos. Para isso, já existem vários tipos de suportes à venda em lojas de artigos de jardinagem. Por isso, as peças mais comuns são as correntes, de metal ou plástico. 

Mas você mesmo pode inventar um jeito personalizado de pendurar os seus vasos. Por exemplo, pode muito bem funcionar neste caso um trabalho em macramê, geralmente feito com cordas sisal.

Jardim suspenso na varanda
Imagens: Tetriz Arquitetura e Interiores e Marcos Gouvêa Arquitetura

 

Imagem: ESMacramê

O segredo dos jardins verticais na decoração

Os jardins verticais são ótimas ideias para dar aquele up no décor. Principalmente se a vontade de ter uma selva urbana for grande, mas o seu lar pequeno.

O que acha desta ideia? Se optar por criar algo assim dentro de casa, preste muita atenção com relação à irrigação e, acima de tudo, à coleta da água deste conjunto de vasos.

Jardins verticais podem ser montados sobre prateleiras comuns, com vasos de plantas sobre pratinhos de coleta de água. Mas quando os vasos ficam inclinados ou quando as plantas são colocadas dentro de nichos especiais, a água pode escorrer até o piso, seguindo a gravidade. 

Então, uma ideia é você criar uma canaleta na base que siga, com um caninho, até um ralo ou um motor que possa bombear e fazer o reaproveitamento da água.

Imagem: Greenery Unlimited

Por fim, para deixar o jardim suspenso ou jardim vertical da sua casa mais atraente, misture espécies de cores e texturas diferentes, formando desenhos. E não esqueça de que, apesar de esta ser uma solução decorativa, não se trata de um ornamento. 

Ou seja, este conjunto de vasos deve sempre receber cuidados. Faça isso de acordo com as características das plantas que vai utilizar.

  • Tags

  • Nosso país é extremamente abençoado pelas suas belezas naturais. Vivem...
    saiba mais
  • Por Tati Sisti, @triptofollow Recarregar as energias no início do ano ...
    saiba mais
  •   As festas já estão batendo à porta e a hora de escolher o look....
    saiba mais
  • compartilhar post

    posts relacionados

      MARIA FILÓ © 2017 Todos os direitos reservados.