O blog da Maria Filó

Licença paternidade

Quando se preparava para criar um filho, o fotógrafo sueco Johan Bavman ficou surpreso ao pesquisar e descobrir que quando uma criança precisava de afeto, o pai aparecia numa média como a quinta pessoa a ser solicitada para acolher seu bebê.

Licença Paternidade

Havia uma distância entre pais e filhos que não fazia sentido aos seus olhos de pai recente, completamente apaixonado pela cria. Ainda mais num país como a Suécia, que oferece um dos maiores incentivos ao desenvolvimento da paternidade no mundo.

Licença Paternidade

Por lá, tanto o pai quanto a mãe podem tirar um total de 480 dias de licença para cuidar do bebê, com ajuda financeira do estado. E o que é mais especial, esse período longo pode ser dividido e compartilhado entre ambos os pais.

Licença Paternidade

O propósito de uma licença tão generosa é promover a igualdade de gênero e oferecer a ambos os pais um contato íntimo com seus filhos, aprofundando os laços de maneira igual.

Licença Paternidade

Johan então partiu numa bela jornada, e resolveu fotografar os pais que escolhem tirar longos períodos cuidando da casa e dos filhos, enquanto as mulheres voltam ao mercado de trabalho.

Licença Paternidade

São momentos genuínos, de amor, sufoco e diversão que a maioria de nós conhece. A ideia é incentivar que cada vez mais pais façam o mesmo e aproveitem esse convívio, essa troca única nos primeiros anos de vida do neném.

O projeto Swedish Dads segue captando esse pais muito especiais, como todos poderiam e deveriam ser!

  • Tags

  • #Amor paterno
  • #Fotografia
  • #Licença paternidade
  • #Suécia
  • Representar sonhos, desejos e movimentos em forma de manifestações art...
    saiba mais
  • Pedalar para o mundo girar em equilíbrio. É com esse propósito que lan...
    saiba mais
  • Lugar de menina é onde ela quiser, inclusive em postos de liderança e ...
    saiba mais
  • compartilhar post

    posts relacionados

      MARIA FILÓ © 2017 Todos os direitos reservados.