O blog da Maria Filó

Na Viagem

Braga e Guimarães, onde nasceu Portugal

Guimarães e Braga são o berço de Portugal e fazem parte de um roteiro imperdível para quem quer conhecer o país de verdade. Uma boa sugestão de roteiro é ir até Porto – post que já escrevi aqui no blog – e de lá partir de carro para Guimarães, que fica a uma distância de 40 minutos ao norte. Eleita capital da Europa em 2011 e Patrimônio Mundial da Unesco, por ser onde Portugal começou, Guimarães é uma cidade história, onde quase não é permitido o trânsito de carros.

na viagem 1

Logo de cara nos deparamos com o Castelo de Guimarães, que mais parece um castelo de conto de fadas e onde nasceu o primeiro rei de Portugal, D.Afonso Henriques. Suas muralhas, torres e jardins ao redor impressionam.  Pertinho dali, está o Paço dos Duque de Bragança, construção do sec XV e residência oficial do Presidente da República quando está no norte de Portugal.

na viagem 2

A Igreja San Gualter, mais conhecida como Igreja dos Santos Passos,  também é belíssima e fica em frente ao largo República do Brasil, cercado por lindos jardins, especialmente na primavera.

na-viagem-3

 

De resto, o programa é mesmo andar pela cidade e observar as praças, as construções medievais e as típicas casinhas do norte do país. Em um dia se conhece toda a cidade.

na-viagem-4

A Pousada de Santa Maria, onde funcionava um antigo mosteiro, é uma ótima dica de hotel, (em Portugal, hotéis históricos são chamados de Pousadas) e além de hospedar turistas,  é palco de muitos casamentos e reuniões corporativas. Passei lá para almoçar e comi deliciosos bolinhos de bacalhau. Achei o lugar abem bonito. Para chegar até Guimarães, você pode ir de carro, de trem – a viagem dura pouco mais de uma hora e oferece uma bela paisagem – ou mesmo pegar um shuttle direto do aeroporto do Porto.

na-viagem-5

Terceira maior cidade de Portugal, e um dos principais centros religiosos do país, o ponto alto de Braga é o Santuário Bom Jesus de Braga, o segundo mais popular do país depois de Fátima, que recebe milhares de fiéis todos os anos. Ele fica no alto de uma colina, que chega a ter 500 metros e uma escadaria de 600 degraus. O paisagismo ao redor impressiona. É preciso fôlego para subir toda a escadaria mas chegando lá, é difícil se arrepender ao se deparar a vista de tirar o fôlego.  Quem não tem capacidade física, pode usar o elevador movido à água.

na-viagem-6

O centro histórico de Braga foi todo remodelado e é voltado para pedestres. O carro é proibido de circular em quase toda a cidade, medida muito simpática aos turistas. Os Jardins de Santa Bárbara é outro lugar muito visitado e que encanta a todos, com seu lindo jardim e ao fundo fica o imponente Paço Episcopal Bracarense. A Catedral de Braga, a Sé,  é a mais antiga de Portugal e data do século XI e chama a atenção por seus diversos estilos arquitetônicos.

Uma recomendação de restaurante é o Brac, um restaurante moderno e de bom gosto, de cozinha portuguesa com toques contemporâneos.  Dentro do restaurante, há um mini museu onde é possível descobrir a história de ruínas romanas e pertence ao roteiro oficial da cidade.

na-viagem-7

Uma sugestão de hotel é o moderno Meliá Braga,  muito confortável e com preços acessíveis. O spa é um dos pontos altos do hotel e oferece vários tratamentos faciais e corporais. É aqui que as seleções de futebol portuguesas se hospedam quando tem jogo. O Meliá Braga fica a 2km do centro, de táxi sai uns 4 euros (aproximadamente R$13).

Quando conhecemos Portugal de perto, estamos na verdade, descobrindo a história das nossas origens. Sempre vale a pena.

Renata Araújo é jornalista e autora do blog de viagens You Must Go! (www.youmustgo.com.br

Facebook You Must Go Blog

Instagram @youmustgoblog

Youtube renatabaraujo1

  • Tags

  • Chego em casa e vejo uma vela no formato de um ponto de interrogação e...
    saiba mais
  •       Sabe aqueles momentos de mudança, quando sentimos...
    saiba mais
  • Lua de mel romântica no Caribe
    07.01.2020 • Cultura
    É sempre difícil escolher o destino da lua de mel, mas é fácil imagina...
    saiba mais
  • compartilhar post

    posts relacionados

      MARIA FILÓ © 2017 Todos os direitos reservados.